in

Fazer Resumo ou Grifar?

Uma pergunta frequente entre os estudantes é: Fazer resumo ou grifar? O que é melhor?

Sublinhar ou grifar, corresponde à selecionar as ideias mais importantes de uma aula ou de um texto. Você pode traçar linha embaixo de palavra, frase, artigo, número etc., com o fim de chamar a sua atenção para sua importância num momento de revisão.

 

Ao criar um resumo nós tentamos capturar os pontos principais ou palavras-chave do texto/aula para conseguir passar para o papel a
sua versão do que foi aprendido.

O ato de grifar é também deve procurar os pontos principais ou palavras-chave que melhor sumariam as ideias apresentadas.

A ideia básica de grifar, sublinhar ou resumir é mesma: procurar dentro do texto os termos principais, de modo que ao lermos as palavras soltas consigamos uni-las em pensamento, recordando de todo o conceito estudado.

E é por isso que, tanto os resumos como os grifos funcionam muito bem.

A ideia é que a partir de alguns pontos ou palavras-chave você consiga resgatar em sua memória o que lhe foi ensinado.

Funciona Mesmo?

SIM, o seu cérebro tem a competência de preencher espaços onde faltam letras ou onde faltam informações. Portanto, se na hora de resumir ou grifar você escolher as palavras certas ou os pontos principais, você conseguirá ter um texto muito enxuto e eficiente para estudar apenas olhando!

No início você terá alguma dificuldade para relembrar tudo, mas logo começará a resgatar as lembranças do texto que você leu ou da aula que assistiu.

Seu cérebro é uma máquina muito poderosa, basta saber usar as técnicas mais importantes para ele.

Você já viu na internet ou whatsapp o texto abaixo?

35T3 P3QU3N0 T3XT0 53RV3
4P3N45 P4R4 M05TR4R C0M0
N0554 C4B3Ç4 C0N53GU3 F4Z3R
C01545 1MPR35510N4NT35!
R3P4R3 N1550! N0 COM3ÇO
35T4V4 M310 COMPL1C4DO,
M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3
V41 D3C1FR4NDO O COD1GO
QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M
PR3C1S4R P3N54R MU1T0, C3RT0?

É mais ou menos assim que funciona: seu cérebro demora uma fração de tempo para entender o sentido das frases, mas em pouco tempo ele consegue criar conexões com o que você já aprendeu na vida (alfabeto/palavras/leitura) e resgata as letras que não estão presentes no texto para completar mentalmente as lacunas.

Com os grifos e resumos funciona do mesmo jeito!

E como descubro o que é importante?

Quase todos que começam a estudar para uma prova importante e usam a técnica dos grifos, cometem o erro de sair grifando tudo que acha importante.
As páginas dos livros, apostilas ou pdfs ficam lotados de destaques e você acaba até se perdendo em tantos grifos.

Com o tempo, você perceberá que os grifos seriam muito mais eficazes se fossem usados para destacar apenas o que as bancas de provas e concursos cobram.

Ou seja, o que realmente importa não é o que você acha importante e sim o que as bancas cobram na prova. Os grifos que você fizer devem, na verdade, abraçar os artigos e temas que já foram cobrados em provas anteriores.

E, para prever o que será cobrado em um prova, é preciso observar as questões de provas. 

Ter acesso a provas e editais antigos é essencial para conseguir cumprir essa etapa do seu “exercício de previsão”.

Um site muito bacana para baixar provas de concursos é o PCI Concursos/Provas. Nele você encontra centenas de milhares de provas gratuitas
com gabarito.

Portanto, se você quer saber o que é melhor, fazer resumo ou grifar, saiba que ambos são uma ótima ideia!

Fazer Resumo ou Grifar?
5 (100%) 1 vote

2 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Princípios Implícitos【Teoria, Mapa Mental e Questões Grátis】

Como fazer um mapa mental no Word em 6 passos